Com reservas, Tottenham sucumbe ao City

Com reservas, Tottenham sucumbe ao City

Por Mathias Galdi

Depois de se classificar para a semifinal da UEFA Champions League contra o
Manchester City, o Tottenham entrou em campo neste sábado contra a mesma equipe
comandada por Guardiola, colecionando mais uma derrota diante dos citizens. O placar
foi mínimo, com um gol marcado por Phoden, logo no início da partida.
O confronto foi similar ao de meio de semana. Muita intensidade do lado azul, abrindo
o placar no começo do embate. Depois de belo cruzamento, Agüero escorou para o meia
inglês, quem só precisou empurrar para o fundo das redes de Gazzaniga. O argentino era
um dos suplentes que tiveram uma chance nesta rodada.
Ainda com o jogo de quarta na cabeça, os mandantes mantiveram a mesma estratégia de
sempre: paciência. Com o placar aberto, a bola ficava muito nos pés dos comandados de
Guardiola. Novamente, a posse de bola ficou com fora dos nossos domínios. A linha de
cinco atrás, com quatro zagueiros e Davies, como único de ofício na lateral, permitia a
troca de passes no campo defensivo.
Foram poucas chances criadas pela equipe, que terminou com apenas quatro chutes
certos, tendo tentado mais de 10. As melhores chances foram nos contra-ataques com
Son, negados por Éderson, ainda no primeiro tempo.
O City jogou melhor, porém, não no jogo contra o Tottenham em que deveriam tê-lo
feito. Com uma equipe não tão mista, mas com jogadores sem ritmo, como Dier e
Foyth, os Spurs ainda mantiveram o placar aberto até o fim da partida, mas não foi
possível alcança-lo.
Mesmo a euforia de quarta-feira ainda estar presente, o momento na Premier League
pode se complicar com a rodada de logo mais. Arsenal e Manchester United entram em
campo, podendo ultrapassar os lilywhites na tabela de classificação.
Com 67 pontos e 34 partidas jogadas, nossa próxima partida é terça-feira, diante do
Brighton, na mais nova casa. A vitória pode nos aproximar de uma vaga direta na
próxima UEFA Champions League. Dos últimos quatro jogos, três serão em casa. É
bom aproveitarmos o mando.

Facebook Comments