Em jogo de muitos erros, Tottenham perde pro Liverpool

Em jogo de muitos erros, Tottenham perde pro Liverpool

Como de costume, o time de Jürgen Klopp inicia seu jogo ligado nos 220 volts. Antes dos primeiros sessenta segundos, Mané empurrou a bola para dentro da rede de Vorm, mas a arbitragem assinalou uma irregularidade do extremo esquerdo.

O Liverpool se manteve no campo de ataque por boa parte do primeiro tempo. As altas linhas sempre incomodam quem enfrenta o sistema do alemão. Enquanto a pressão funcionava, o trio dos Reds fazia o que queria no campo de ataque, mas não aproveitou as chances criadas e as falhas dos defensores do clube londrino.

Como ninguém é de ferro, o fôlego da linha alta vermelha foi se esgotando conforme o tempo, dando chances para os Lilywhites respirarem e, consequentemente, terem suas primeiras chances na partida. Foram alguns ameaços á meta de Alisson, mas sem sucesso, por parte dos londrinos.

No que o jogo apresentava seu melhor futebol, no quesito competitividade, com os dois times atacando e mantendo a posse. Em um escanteio, o goleiro Vorm tentou afastar, mas sua falha possibilitou Wijnaldum de cabecear para dentro do gol defendido pelo holandês. A tecnologia da linha do gol ajudou o árbitro Michael Oliver. Lembrando que, na Premier League, os times ingleses votaram contra a implementação do VAR.

No segundo tempo, sem mudanças em nenhum dos times, mas com posturas diferentes. O Tottenham precisava se lançar ao ataque, o que abriria espaço para o contra-ataque mortal dos Reds.

Uma bola na trave pra cada lado. Lucas fez boa jogada pela esquerda, carimbando o poste de Alisson. Do outro lado, um cruzamento sem pretensões acertou o travessão de Vorm, quem não vinha bem na partida.

Tanto que o segundo gol do Liverpool saiu após nova falha do holandês, o que contribuiu para Roberto Firmino empurrar para dentro das traves. Com o resultado em mãos, a engrenagem girava do jeito que Klopp queria: contra-ataque.

Depois da ampliação do placar, o jogo esfriou. Nenhum dos dois times aparentavam querer atacar, mesmo com o Tottenham perdendo. O time londrino mal assustou a meta de Alisson depois de levar o segundo tento, assinalado por Firmino.

Faltando cinco minutos para o fim do jogo, o Tottenham resolveu investir no ataque, mas o chute de Lamela não foi no alvo. Minutos mais tarde, o argentino teve outra chance nos acréscimos, a qual entrou, diminuindo a ferida para os mandantes.

Mesmo com uma pressão na reta final da partida, o esforço não foi o suficiente para empatar a partida, deixando escapar os três pontos dentro de casa.

Com a vitória, os Reds continuam líderes da Premier League, com cinco triunfos em cinco partidas. O Tottenham amarga a segunda derrota consecutiva, se distanciando dos primeiros colocados.

Facebook Comments