Lições de Tottenham 3 x 1 Aston Villa

Lições de Tottenham 3 x 1 Aston Villa

Mais uma vitória, a segunda seguida, tá bom que poderia ser mais tranquilo, entretanto torcemos pro Tottenham e no futebol, não existe verdade absoluta e o que vale são os três pontos e a manutenção do contato com os primeiros colocados, então, vamos aos principais pontos do jogo:

10 jogos e contando…

Desde o primeiro jogo da temporada, derrota de 1 a 0 contra o United, não sabemos mais o que é derrota na Premier League, claro que nessa sequência tivemos 5 vitórias e 5 empates, mas a de se valorizar esse bom número de jogos sem perder, com uma defesa que se não é impenetrável, demonstra segurança e bons números, importante também estarmos próximos do G-4 e dos líderes da competição.

Já são 10 jogos sem saber o que é derrota na Premier League

Já são 10 jogos sem saber o que é derrota na Premier League

Erros Individuais

Já pontuei isso uma vez, e não custa relembrar, um terço dos gols sofridos pelo Tottenham nas últimas três temporadas, foram resultantes de falhas individuais, nesse jogo que estava controlado até os 30 minutos do segundo tempo e com uma atuação condizente com nossa classificação, quase deixamos escapar após erro de Ryan Mason na saída de bola, são erros como esse que não podem acontecer e que nos custam pontos preciosos na disputa por uma vaga na UCL.

Dele Alli e Dembelé com mais um jogo seguro

O primeiro tem dispensado comentários e nem parece que tem 19 anos e já marcou 2 gols em menos de 20 partidas como titular no Tottenham, o segundo por vezes me parece um potencial desperdiçado, porém desde que voltou de lesão, o belga tem sido muito consistente e seu bom trabalho de proteção de bola já é conhecido há tempos, a dupla tem funcionado bem pelo terceiro jogo seguido e coloca boas dúvidas na cabeça de Pochettino pra quando Son voltar a jogar.

Dele Alli e Dembele em crescimento absurdo

Dele Alli e Dembele em crescimento com titularidade

Pochettino é ousado mesmo

Não a toa o argentino tem feito uma revolução desde que chegou no Tottenham, o treinador não parece ter medo de lançar jovens jogadores da base e no fim desse jogo, em meio a pressão do Aston Villa, colocou Josh Onomah no lugar de Alli no fim do jogo, o desempenho do jovem foi promissor, com uma finalização e a participação na jogada do terceiro gol da equipe, que garantiu os três pontos e mostrou uma possível boa opção pra equipe no futuro.

A briga na lateral esquerda segue forte

Danny Rose e Ben Davies tem mostrado a cada semana que o Tottenham tem estado bem servido no lado esquerdo defensivo do campo, e os dois parecem numa disputa ótima para quem será o titular a cada partida, se o primeiro tem mais virtudes ofensivas, o segundo demonstra maior tranquilidade do meio para trás, entretanto ambos tem cumprido bem suas funções e a boa dúvida na cabeça dos torcedores e do treinador tem seguido, já que como já dito, ambos tem feito partidas seguras e podem evoluir mais já que tem 25 e o segundo 22 anos respectivamente.

Briga boa na lateral esquerda faz os dois buscarem ainda mais a cada partida

Briga boa na lateral esquerda faz os dois buscarem ainda mais a cada partida

É isso galera, até a próxima semana com mais um balanço da rodada e esperamos que seja com vitória no North London Derby.

#COYS

Facebook Comments