Lições de Tottenham 4 x 1 West Ham

Lições de Tottenham 4 x 1 West Ham

Após 15 dias sem jogos dos Spurs, temos dois fatos a comemorar, primeiro a volta do time em campo com uma grande vitória e saber que a próxima data FIFA vai ser só em março, ou seja vamos ter uma longa sequência de jogos do Tottenham e esperamos que podemos falar nessa coluna sobre muitas vitórias como a desse domingo (22/11), então vamos a algumas impressões do jogo:

Walker acertando e errando

Faz tempo que queríamos abordar o nosso lateral direito nesse espaço, ele teve um bom desempenho assim como toda a equipe, ele tem sido menos incisivo que Danny Rose na outra ala, mas foi seguro na missão de marcar Victor Moses e além disso marcou um golaço de trivela no fim do jogo anotando o quarto gol do time da casa no jogo. Mas como nosso lateral não é perfeito ele acabou falhando num simples recuo e acabou dando a oportunidade para Lanzini fazer o gol de honra dos Hammers, esse tipo de displicência tem de ser evitada, especialmente em jogos mais apertados.

Dembelé renasceu de uns jogos pra cá

De jogador sub-utilizado, com contrato de não muito longe de vencer e muitas especulações sobre sua saída. O belga parecia fadado ao fracasso em Hotspur Way, mas como num passe de mágica o jogador parece confirmar seu potencial e combinando bons passes além de uma força física notável que o fizeram um dos melhores em campo nesse jogo e um dos nomes mais regulares das últimas semanas, ele ainda consegue mesclar e ter versatilidade para ser meia ou volante, criar ou desarmar. E como já dito com essa força física difícil de ser parada e sendo um dos pilares desse time.

dembele

Especulado no Napoli para a próxima janela Dembele subiu de produção

Intensidade e trabalho de equipe foram notáveis

Como já tem sido a marca desse time na temporada, a intensidade de marcação tem si mostrado a chave para o sucesso do esquema de Mauricio Pochettino. A pressão pela retomada de bola e a consequente saída rápida nos contra-golpes foram cenas muito vistas ao longo do jogo, as trocas de passe em geral fluíram bem e contando com Dele Alli avançando e acompanhando muitas vezes Kane no comando do ataque, não foram poucas as vezes que o West Ham se via sem espaço em qualquer parte do campo, isso é preparo físico, entretanto também mostra uma coordenação tática e de equipe notável.

Harry Kane faz tudo

Harry Kane teve um começo lento de campanha, mas o jovem inglês já voltou aos melhores dias e parece se tornar a cada dia mais, um jogador completo, ele tem feito gols (óbvio), porém ele também deu bons passes, procurou companheiros desmarcados e como se cobra do principal jogador da equipe, ele  tem sido decisivo ainda mais em clássicos londrino, são 12 gols em 12 jogos e 24 gols em 2015 a melhor marca de um atacante na Premier League em 2015, só pra se ter uma ideia, Aguero o segundo colocado tem 19 e temos pouco mais de um mês para o ano da liga inglesa terminar, até lá seus números devem estar ainda melhores.

2EB38BE600000578-0-image-a-63_1448212622436

Harry Kane vem fazendo estragos nos clássicos 

Alderweireld e Vertonghen tem mostrado a segurança habitual

Falando de outros belgas só que os que jogam mais atrás e tem a função de dar segurança e estabilidade a nossa defesa e eles tem se saído muito bem nessa missão, não só nos números com a segunda melhor defesa da liga, mas eles se completam e complementam de maneira muito boa, com uma combinação de boas leituras e antecipações, além de um entrosamento de longa data. A cereja do bolo veio com Toby marcando o segundo gol da equipe no jogo e também seu segundo tento com a camisa lillywhite.

Até a próxima! COYS!

 

Facebook Comments