Lições de West Brom 1 x 1 Tottenham

Lições de West Brom 1 x 1 Tottenham

Mais uma semana, mais um empate, parece meio que combinado, dessa vez um pouco doloroso pela rodada que foi muito positiva, entretanto bom pelo futebol apresentado. Agora vamos a alguns pontos e observações do jogo:

A performance foi bem fraca

A exceção aos primeiros 30 minutos com alguma boa articulação e tentativas de conexão ofensiva. Nos 60 minutos restantes, o futebol foi bem pobre e a intensidade baixa especialmente num jogo em que Eriksen não teve uma grande performance e Kane foi muito bem marcado, na defesa Vertonghen e Alderweireld tiveram alguns problemas com Rondón que se tivesse em tarde mais inspirada teria conseguido deixar seu gol e o placar teria sido diferente.

Copo meio cheio e meio vazio

Os dois últimos empates contra equipes longe de seus melhores momentos, nos levaram a lamentar 4 pontos deixados para trás, agora temos 8 igualdades no campeonato a maior marca da Premier League e mais que a temporada passada inteira. Nessa sequência de 14 jogos sem perder que é a maior marca do Tottenham no campeonato nacional desde……….1985 ou seja há muito tempo e ainda conseguimos 6 vitórias. Claro que o momento continua bom e uma longa invencibilidade é sempre importante, mas temos de engatar uma sequência de vitórias não só pra se aproveitar dos tropeços dos rivais e também para realmente provarmos que queremos algo grande no campeonato.

Os empates já começam a incomodar

Os empates já começam a incomodar

Eriksen errou quase tudo que tentou

Nesse jogo vimos o quanto os Spurs e seu esquema tático dependem de um bom desempenho do dinamarquês que além de principal armador da equipe é a grande fonte criativa desse time e por consequência, quando ele não joga bem o sistema ofensivo não mostra a fluidez necessária para conseguir desatar os nós da boa marcação do time de Tony Pullis.

As substituições não surtiram efeito

Tanto Heung-Min Son quanto Clinton Njié que entraram nos lugares de Lamela e Alli respectivamente, pouco tiveram impacto no jogo, enquanto o Sul-Coreano não conseguiu ser acionado em profundidade para conseguir suas finalizações, o camaronês que é uma alternativa de velocidade só foi acionado em lance duvidoso anulado pela arbitragem quando sairia na cara do gol, seja por tempo ou por mal momento da equipe, eles não conseguiram fazer o que se espera deles no seu tempo em campo.

Son entrou no decorrer da partida mas acrescentou pouco

Son entrou no decorrer da partida mas acrescentou pouco

É hora de rodar o elenco

Vendo essa última apresentação ficou claro que mesmo com um time jovem precisamos poupar alguns titulares e logo ou o nosso nível de apresentação vai cair mais e mais, a intensidade tão fundamental nesse esquema de jogo tem de ser mantida e para isso será importante em jogos menos complicados conseguirmos descansar alguns jogadores e rotacionar o grupo para que não cheguemos em momentos mais decisivos da temporada extremamente fadigados e sem condições de competir em pé de igualdade com todos os adversários.

#COYS

Facebook Comments