Pós jogo - Tottenham 3 x 1 Aston Villa

Pós jogo – Tottenham 3 x 1 Aston Villa

Nesse sábado (10) o Tottenham recebeu o Aston Villa, no Tottenham Hotspur Stadium, pela primeira rodada da Premier League 2019/2020.O início foi de susto, com os Villans abrindo o placar com McGinn, porém os Spurs mostraram força para virar com Tanguy Ndombele e Harry Kane (duas vezes), para triunfar por 3 a 1. Com isso o time começou com o pé direito, ao conseguir os três pontos e agora ocupa o sexto lugar do torneio, enquanto os visitantes sem nenhum ponto, estão em 15º lugar.

O Tottenham começou o jogo com relativo controle, a primeira chance veio aos quatro minutos com Lucas que recebeu bom cruzamento de Rose e cabeceou para baixo, porém Tom Heaton defendeu de maneira segura sem dar rebote. A resposta do Villa veio aos oito minutos, em lançamento de Mings que pegou a defesa do Tottenham adiantada, onde nas costas de Rose, McGinn saiu na cara do gol, antes de fintar o defensor e bater no canto de Lloris.

Os Spurs tiveram dificuldades de pressionar o adversário, com muita posse de bola e poucas chances, até os 44 minutos da primeira etapa, quando Kyle Walker-Peters tocou para Ndombele que cruzou para Harry Kane, que desequilibrado, cabeceou por cima da meta, com o placar final do primeiro tempo sendo 1 a 0.

No segundo tempo, os Spurs voltaram com tudo e pressionando, porém na melhor chance até o momento em que Sissoko perdeu uma boa chance no começo da etapa, ao desperdiçar a oportunidade na cara do gol e finalizar mal, com a bola indo para a linha lateral. Com 27 minutos veio o empate, com Ndombele que após receber passe de Lucas Moura, para bater da entrada da área e vencer Heaton após desvio de Mings.

Aos 40, os Spurs viraram o jogo após Lamela roubar a bola de Jack Grealish e finalizar a bola em cima de Mings, a bola bateu em outro defensor e sobrou em Kane que finalizou no canto direito do goleiro. Aos 44 minutos, em boa jogada de Sissoko, que tocou para Kane que chutou rasteiro no canto esquerdo para fechar o jogo em 3 a 1.

Observações do jogo:

No primeiro gol, para mim a falha é muito maior de Rose, que de Sánchez, o time estava numa posição de pressão em linha alta, tanto que a linha de defesa estava no círculo central, o lançamento de Mings foi ótimo, mas Mcginn veio de trás e o lateral o deveria acompanhar na defesa, com Wesley sendo marcado pelo colombiano, vale lembrar que Mcggin vem de trás da linha de meio campo, ou seja neste caso não há impedimento.

A formação diamante, com Winks, Ndombele e Sissoko não me parecia funcional desde a escalação, até porque expõe algumas fragilidades, primeiro a dificuldade de Sissoko em termos ofensivos, além de Lamela no centro da armação, que apesar de se movimentar bem, não me parece a função que mais beneficia o seu jogo, que seria mais ao lado do campo, até porque no lado ele mostra justamente algo importante e que gerou o segundo gol, pressionando para roubar a bola, erro de Pochettino na formação.

Os ainda jovens Kyle Walker-Peters e Harry Winks foram bem, o primeiro mostrou virtudes ofensivas e em que pese El Ghazi e Trezeguet terem pouca ação ofensiva, ele foi bem ofensivamente e não deixou expostas tantas fragilidades na defesa. Já sobre o segundo, ele teve a melhor marca da liga na rodada em passes certos com 79, desses 8 de 8 em lançamentos e antes que muitos falem que só foram passes para o lado, ele deu 52 deste 79, no campo adversário, ou seja onde há mais marcação rival, isso com 64 minutos em campo

Tanguy Ndombele como já disse outra vezes, é o mais próximo possível que teríamos de Dembele e logo no primeiro jogo ele já mostrou que parece sair de uma fonte da juventude e com mais qualidade no terço final do campo, ele apareceu bem para o jogo, mostrou personalidade e arriscou dribles, passes mais incisivos e claro marcou um gol logo em sua estreia, num momento difícil do jogo.

Eriksen claramente mudou o jogo, existiam/existem dúvidas sobre o seu foco com vistas ao seu futuro no clube, mas é inegável sua qualidade e ele teve participação fundamental na vitória, também lembrando os seus melhores momentos no clube. Esperamos que a novela da sua renovação se resolva logo.

Falando em lembrar, Kane que pareceu estar muito em forma, na sua primeira pré-temporada com mais férias desde que explodiu, isso se comprovou em campo, se especialmente seu tornozelo o deixar em paz, pode realmente voltar ao melhor nível, mesmo assim Harry marcou 10 gols nos últimos 12 jogos de PL, além de passar Nicolas Anelka e Robbie Keane na lista de maiores artilheiros da liga e empatar com Hasselbaink, o próximo objetivo é alcançar Robin Van Persie, hoje ele tem a melhor média de gols da história da liga com 0.70.

Os Spurs voltam a campo, no próximo sábado (17) contra o Manchester City, no Etihad Stadium, 13h30 horário de Brasília.

Dados: Sofascore

Facebook Comments