Review do elenco- Temporada 2017/2018

Review do elenco- Temporada 2017/2018

A temporada acabou, teve vários momentos bons e alguns momentos ruins mas jogaremos a Champions League pela terceira temporada consecutiva e ficamos a frente dos rivais londrinos e isso aconteceu muito pelo poder do elenco e a rotação feita pelo técnico Mauricio Pochettino dando chance a maioria dos jogadores.

E a Brasil Spurs vem fazer um review do elenco, posição por posição mostrando números dos atletas. Todos os dados abaixo estão no site transfermarkt.pt

Goleiros:

Hugo Lloris- Hugo foi titular absoluto na temporada, nos salvando em vários momentos. Entretanto na metade para o fim da temporada o goleiro cometeu certas falhas que chegaram a colocar em dúvida se havia a necessidade de contratar um outro goleiro.

Ele participou de 3.680 minutos sendo 36 jogos na Premier League e 7 pela Champions totalizando 43 jogos na temporada. Desses 43 ele sofreu 35 gols na Premier League e passou 15 jogos do Campeonato Inglês sem sofrer gol, já na Champions League ele sofreu 8 gols nos 7 jogos e 1 dos jogos sua meta não foi vazada(Fonte: Transfermarkt).

Michel Vorm- O goleiro holandês participou mais de jogos da F.A Cup, em um rodízio natural e cultural da Europa. Entretanto, ele jogou ao menos uma partida em todos as competições oficiais disputadas pelo Tottenham, já que aparentemente o goleiro vai sair ao término de seu contrato, em junho de 2018.

O arqueiro jogou um total de 990 minutos divididos em : 7 jogos da F.A Cup, 2 jogos da Copa da Liga uma da Champions League e outro da Premier League, totalizando 11 jogos e conseguiu um clean-sheet: contra o APOEL pela Champions League. Desses 11 jogos tomou gol em 10 divididos em: 6 na F.A Cup 3 na Copa da Liga e 1 na Premier League.

Paulo Gazzaniga- O goleiro argentino foi uma contratação inesperada, mas que já é conhecido de Pochettino(trabalharam juntos no Southampton). Ele jogou apenas uma partida e não tomou gol, e foi um jogo de Premier League.

Zagueiros:

Davinson Sanchez- O zagueiro colombiano foi umas grandes contratações da época, vindo do Ajax por 40 milhões de euros Teve um início de temporada muito bom, mas ao decorrer cometeu algumas falhas de quem ainda está se adaptando ao ritmo da Premier League e a jogos grandes como da Champions League.

O zagueiro colombiano participou de 3614 minutos, sendo 31 jogos na Premier League 8 na Champions League, 2 da F.A Cup, totalizando 41 jogos,marcando 0 gols. Tomou 2 cartões amarelos e 1 vermelho.

Toby Alderweireld- O zagueiro belga começou a temporada muito bem, mantendo seu nível de atuação, inclusive sendo decisivo em jogos de Premier League. Entretanto após uma lesão contra o Real Madrid perdeu espaço e hoje praticamente está fora do clube com propostas de clubes da Premier League e a Ligue One

Ele participou de 14 jogos pela Premier League,4 da Champions League, 2 da F.A Cup e 1 da Copa da Liga. Ele marcou 1 gol pela Champions League, totalizando 1741 minutos e tomou 4 cartões amarelos sendo 3 pela premier league e um pela FA Cup.

Jan Vertonghen: O grande jogador da temporada. “Super Jan” nos salvou em vários momentos, principalmente na metade para o fim da temporada, onde Sanchez teve uma queda brusca de rendimento e foi essencial para os objetivos serem alcançados após o Tottenham ficar sem chances de título.

Ele jogou 48 jogos, totalizando assim 4286 minutos de jogos que são divididos em: 37 jogos da Premier League 6 de Champions league, 4 da F.A Cup e 1 Copa da Liga. Ele marcou 1 gol(na Premier League) e deu 1 (Na Liga dos Campeões) além de ter tomado 5 cartões amarelos(4 na Premier League e 1 na Champions), além de  1 vermelho na Champions League.

Juan Foyth: O zagueiro argentino é a tradicional aposta. Chegou sem muita mídia mas que tem a confiança de Pochettino, mesmo tendo disputado apenas jogos de Copa e um jogo de Champions. Ele jogou 8 partidas na temporada, sendo 5 de da F.A Cup, 2 da Copa da Liga e 1 da Champions League. Ele tomou 2 cartões amarelos, todos na F.A Cup.

Laterais:

Trippier: O lateral inglês assumiu a vaga naturalmente após a saída de Walker. Fez boas partidas na temporada sendo uma das mais marcantes contra o Real Madrid em Wembley no qual deu uma assistência magistral para Alli.

Ele participou de 2904 minutos, sendo 24 jogos na Premier League dando 5 assistências, 6 jogos na F.A Cup, 3 jogos na Champions League dando 3 assistências e 2 jogos na Copa da Liga dando uma assistência.

Aurier: O jogador vindo do PSG teve uma temporada muito irregular, com muitos mais baixos que altos. Ficou marcado por diversos erros de marcação e no apoio não foi muito efetivo, mesmo tendo uma boa quantidade de chances. Muitos atribuem a falta de pré-temporada, já que sua situação na França era embaraçosa porque envolveu-se em briga com autoridade policial em uma boate.

Aurier participou de 24 jogos na temporada, sendo 17 na Premier League marcando 2 gols e dando duas assistências, tomando um cartão amarelo e cartão vermelho, 6 jogos na F.A Cup, 6 na Champions League dando 1 assistência e levando 3 cartoes amarelos e 1 jogo da F.A Cup, totalizando assim 2.025 minutos.

Davies: O lateral esquerdo galês definitivamente tomou conta da posição, caindo no gosto de muitos torcedores mesmo tendo um grupo ainda reticente com o atleta. Um jogador que sempre foi marcado pela postura mais defensiva, essa temporada apareceu em momentos importantes na parte ofensiva.

Ele contribuiu com 2 gols em 29 na Premier League, dando 5 assistências e tomou 3 cartões amarelos. Já nas outras competições não contribiu diretamente para gols. Ele fez 5 jogos na Champions League tomando 1 cartão amarelo, 3 na FA Cup e 1 na Copa da Liga, totalizando assim 38 jogos ou 3.030 minutos.

Rose: O lateral inglês, ao contrário de Davies, perdeu espaço. Mesmo com lesão fez poucas partidas, e não foi bem como em outras temporadas mas ainda sim conseguiu convocações para o English Team, por exemplo.

Ele fez somente 17 jogos na temporada, sendo: 10 na Premier League tendo feito uma assistência, 1 na Champions League, 3 na FA Cup e 3 na Copa da Liga totalizando 1.319 minutos.

Walker-Peters: A jovem promessa participou de apenas 9 jogos na temporada. Subiu para ganhar experiência e assim manter-se no elenco principal dos Spurs. Desses 9 jogos foram 4 na FA Cup marcando um gol, 3 na Premier League dando 2 assistências 1 na Champions League e outro na Copa da Liga totalizando 445 minutos.

Meio-campo:

Dier: O polivante jogador inglês teve bons momentos na temporada, mas em alguns jogos grandes foi mal principalmente contra o Liverpool, cujo erros de passe e marcação foram marcantes.

Ele fez 33 jogos na Premier League, dando 2 passes para gol e tomando 4 cartões amarelos, na Champions League participou de 7 jogos dando uma assistência e tomou um cartão amarelo, já na FA Cup participou de 4 jogos tomando outro cartão amarelo e na Copa da Liga jogou 2 partidas, totalizando 3812 minutos.

Wanyama: O volante, que é um dos preferidos dos torcedores, teve uma lesão grave na temporada que o afastou por um longo período dos campos e até mesmo depois da cura da lesão, demorou para ter algumas chances. Entretanto ainda sim o grande momento de Wanyama foi um golaço contra o Liverpool em Anfield.

O jogador participou de 18 jogos na Premier League, fazendo um gol e tomando 2 cartões amarelos. Jogou outros 5 jogos na FA Cup recebendo outros 2 amarelos e entrou em campo uma vez pela Champions League totalizando 1198 minutos.

Dembele: O meio-campista belga teve uma temporada abaixo de outras temporadas. Isso fica claro nos números de sua temporada: Ele não contribuiu diretamente com gols ou assistências para o time, fazendo com que seja especulada sua saída do time para a próxima temporada.

Ele fez 28 jogos na Premier League, tomando 6 amarelos 5 na Champions League tomando 2 amarelos, 4 na FA Cup e 2 na Copa da Liga totalizando 2578 minutos.

Winks: O jovem inglês, visto como um dos grandes jogadores dos Spurs no futuro, teve uma grave lesão de tornozelo que o deixou fora até mesmo do fim da temporada. Entretanto conseguiu participar de uma boa quantidade jogos, mesmo com esse revés.

Ele fez 16 jogos pela Premier League dando 1 assistência, 5 na Champions League tomando um cartão amarelo, participou de 3 jogos da F.A Cup e de 1 jogo da Copa da Liga totalizando 1500 minutos.

Alli: O jogador inglês, um dos mais badalados do atual elenco, teve uma temporada que contribuiu mais para o time do que valores individuais. Isso causou uma impressão errada sobre Dele e em certos momentos criticou-se o atleta. Ocorreram sim momentos ruins como todos do elenco, mas podemos ver sua participação para o time em seus números: São números mais equilibrados, tendo inclusive um numero maior de assistências que gols.

Alli participou de 36 jogos na Premier League, marcando 9 gols e dando 11 assistências e tomou 7 amarelos, ja na F.A Cup participou de 7 jogos, fazendo 1 gol e dando duas assistências, na Champions fez 5 jogos marcando 2 gols e dando 4 assistências tomando 1 amarelo e na Copa da Liga participou de 2 jogos dando 2 assistências, totalizando 3.790 minutos.

Eriksen: O meia dinamarquês foi um dos destaques da temporada que passou e de acordo com o empresário deve tem muitas propostas de clubes europeus. Ele teve vários momentos e fica difícil escolher um. Observando seus números, podemos ver que ele, Alli e Kane fazem uma trinca vital para os Spurs.

Eriksen participou de 37 jogos na Premier League marcando 10 gols e dando 11 assistências, na Champions League participou de 6 jogos fazendo 2 gols e dando 1 assistência na F.A Cup jogou 3 partidas marcando 2 gols e dando uma assistência e na Copa da Liga participou de 1 jogo somente, totalizando 3.979 minutos.

Sissoko: Um dos jogadores mais criticados pela torcida mesmo tendo muitas chances no time. Ficou marcado por momentos ruins em campo, errando passes e perdendo gols considerados fáceis, assim não correspondendo até hoje as expectativas criadas principalmente após a excelente Eurocopa feita com a seleção da França e o valor exorbitante pago junto com ao Newcastle.

O meia francês participou de 33 jogos a Premier League com 1 gol e 1 assistência também tomou 3 cartões amarelos,de 6 jogos da Champions League dando uma assistência, 6 jogos da FA Cup dando 3 assistências e da Copa da Liga de 2 jogos e fazendo um gol totalizando assim 47 jogos ou 2.431 minutos.

Pontas:

Son: O jogador coreano viveu momentos mágicos na temporada: Atuações que ficaram muito marcadas como em momentos que Kane esteve fora por lesão. É um dos jogadores mais amados pelo elenco e pela torcida e certamente seu desempenho tende a melhorar.

Ele jogou 37 jogos na Premier League, marcando 12 gols e contribuindo com 6 assistências, já na Champions League jogou 7 partidas e contribuiu com 4 gols. Na F.A Cup jogou 7 partidas marcando 2 gols, dando 3 passes para gols e também tomou 2 cartões amarelos, totalizando assim 3.379 minutos jogados.

Lamela: O jogador argentino, um dos preferidos de Pochettino, teve a temporada prejudicada por uma lesão que durou 1 ano para ser curada por completo, só foi estrear praticamente na segunda metade da temporada mas teve uma boa quantidade de participações, inclusive sendo decisivo em alguns jogos como o ultimo contra o Leicester.

Ele jogou 25 partidas pela Premier League, marcando 2 gols dando 4 passes e tomando 4 cartões amarelos, já na F.A Cup foram 6 jogos com 2 gols e 3 assistências e um cartão amarelo, entrou em duas partidas de Champions League e participou da Premier League 2 pra ganhar ritmo de jogo totalizando 1.380 minutos jogados

Lucas Moura: O jogador brasileiro chegou no meio da temporada vindo do PSG e teve mais chances com nas copas, porque Pochettino entendeu que o atleta precisa de uma pré-temporada para se adaptar melhor ao estilo de jogo dos Spurs.

Ele participou de 6 jogos da Premier League, dando 1 assistência, 4 jogos da F.A Cup fazendo 1 gol e dando 3 assistências e uma partida na Champions League pelos Spurs. totalizando assim 457 minutos jogados pelo Tottenham.

Centroavantes:

Kane: O grande jogador do Tottenham, um dos melhores do mundo. Kane foi o principal nome do Tottenham na temporada, em praticamente todas as competições. Fez 30 gols em 37 jogos de Premier League tomando 5 amarelos, dando 3 assistências.

Na Champions League fez 7 gols em 7 jogos dando 2 assistências na FA Cup fez 4 gols em 4 jogos, totalizando assim 3953 minutos.

Llorente: O espanhol que veio com certo prestígio, não conseguiu corresponder quando foi necessário e deve ser negociado nessa janela.

Ele fez 16 jogos na Premier League marcando somente 1 gol, 7 jogos na Champions League marcando outro gol e ganhando 1 cartão amarelo.6 jogos de FA Cup marcando 3 gols e outros 2 jogos da Copa da Liga.

 

#COYS

Facebook Comments