Tottenham 2 X 0 Crystal Palace: Vitória e muita emoção na estreia do novo estádio.

Nesta quarta-feira podemos dizer que vimos um sonho se tornar realidade. O jogo de hoje no dia 03 de abril de 2019, válido pela trigésima segunda rodada da Premier League foi marcado por diversos vieses. Hoje, podemos dizer que assistimos a um dos capítulos mais importantes da história do Tottenham Hotspur Football Club.

De um lado tínhamos toda a pressão. A equipe vinha de cinco rodadas sem vitória na Premier League. O time havia acabado de perder a terceira posição da competição na qual já havia se estabelecido há muitas rodadas e viu o seu principal rival o ultrapassar na tabela.  A vitória no jogo de hoje era de certa forma uma obrigação devido às pretensões do clube de permanência entre os quatro primeiros na temporada.

Do outro lado vimos uma declaração intensa de amor a esse clube. Como não se emocionar com a abertura do estádio. A apresentação inicial nos telões do novo White Hart Lane emocionaram até mesmo os ingleses mais frios. Ver naquela sequencia de imagens a nossa história descrita desde as temporadas passadas, a trajetória de ídolos, as glórias vividas nas gerações anteriores e a jornada de nossa equipe atual que pode fazer história nos proporcionou antes do jogo uma verdadeira lembrança do por que torcemos para esse time dentre tantos outro da Inglaterra, porque senão do mundo.

Além disso, outra parte que marcou a apresentação inicial ao novo estádio foi a demonstração da importância dessa nova estrutura ao povo local. O bairro de Tottenham que não se destaca por ser um dos melhores de Londres hoje pode contar com uma estrutura de primeiro mundo, com uma obra que gerou milhares de empregos e proporcionou uma vida melhor a diversas famílias. Isso definitivamente não tem preço e é algo na qual todos os envolvidos com certeza puderam enxergar e se orgulhar nessa noite de tantas emoções.

Quando o apito soou pela primeira vez no novo estádio pudemos ver uma equipe que sabia a importância do jogo de hoje. Desde o primeiro minuto de jogo pudemos ver a entrega dos jogadores, podendo destacar dentre alguns deles, Harry Kane visivelmente emocionado. Em relação à formação usada na partida, o técnico Maurício Pochettino optou por usar um 4-2-3-1 com destaque para a escalação de Danny Rose e Ben Davies como titulares no mesmo time. O técnico argentino usou Davies com lateral mais recuado e Rose mais avançado, praticamente como um ponta esquerda no jogo. O lateral de origem tinha muita liberdade para subir e desenvolver as jogadas do lado esquerdo.

Logo no início da partida, a equipe Lillywhite já mostrava que vinha com o intuito de vencer o jogo. Com uma marcação forte na saída de bola do adversário o time não demorou a criar chances de perigo logo nos primeiros minutos com Dele Alli recebendo cruzamento pela direita e posteriormente com Christian Eriksen recebendo uma bola de Son na entrada da área, porém sem equilíbrio para realizar a finalização.

Durante o primeiro tempo a equipe adversária se preocupou apenas em povoar o seu meio campo e se defender. Os atacantes isolados raramente recebiam bolas e quando o faziam pouco perigo levavam. Porém embora os Spurs dominassem o campo de jogo, criavam poucas jogadas de verdadeiro perigo. A partida de uma forma geral se concentrava muito em um meio campo preso e a jogada mais importante do primeiro tempo foi criada em um contra ataque iniciado no lado direito. Heung Min Son recebeu a bola e rapidamente acionou Rose que vinha livre em velocidade na esquerda, o lateral mostrou a sua não habitualidade com a posição de Winger e praticamente de frente para o gol optou pelo passe sem sucesso.

No segundo tempo a equipe novamente não mostrou estar em seu dia mais inspirado, porém, com muita demonstração de garra e mantendo o controle do jogo e da posse bola fez o seu dever de casa.

E não demorou muito. Logo aos 10 minutos da etapa final, Son recebeu de Eriksen a bola fora da área do lado direito, puxou para o meio se livrando de dois marcadores e bateu firme. A bola desviou no zagueiro e tirou quaisquer chances do goleiro fazer a defesa. Houve muita comemoração no primeiro gol marcado no novo estádio.

Mesmo após o gol, o Tottenham prosseguiu no campo de ataque e deu poucas chances para o adversário. Kane quase marcou em um contra ataque perigoso, onde saiu de frente para o gol, porém finalizou tirando demais do goleiro e a bola foi caprichosamente para fora. Até que aos 35 minutos do segundo tempo saiu o segundo. Em jogada de Kane dentro da área por lado esquerdo, o atacante dividiu a bola com o zagueiro que escapou de seu controle e foi para o meio da área. O dinamarquês postado com um 9 aproveitou a bola sobrada e finalizou forte. O goleiro tentou desviar, porém não conseguiu fazer a defesa.

Depois do gol ainda deu tempo do adversário chegar ao gol em duas oportunidades. Em uma delas Zaha finalizou de frente para o gol e Hugo LLoris fez ótima defesa, garantindo o resultado para o time da casa.

Com a vitória o Tottenham fica parcialmente na terceira posição com 64 pontos, um a frente do Arsenal, porém com uma partida a mais. O próximo jogo da equipe também será em casa, dessa vez na decisiva partida de ida pelas quartas de final da UEFA Champions League contra o Manchester City.

Facebook Comments