Um divisor de águas na história

Um divisor de águas na história

No domingo (30/04) os Spurs venceram o Arsenal por 2 a 0, porém mais do que vencer o seu maior rival no último derby em White Hart Lane na história e seguir na luta pelo título, a partida trás muito mais do que isso. O confronto fez com que a equipe rompesse não só a marca de uma grande vitória mas também a colocação de uma marca que pode representar uma nova era nesta rivalidade.

Esse fim do St. Tottenringham Day pode ser um ponto de virada para os dois clubes, não estou dizendo que a partir de agora vamos terminar várias temporadas na frente dos Gunners a partir de agora mas temos tido uma série de sinais de que as coisas podem estar mudando no norte de Londres. Primeiro enquanto a equipe do Tottenham parece com um ânimo revigorado e com um núcleo que parece querer ficar junto e acima de junto vencer junto, na parte vermelha da cidade existe a incerteza sobre a permanência de Alexis Sánchez e Ozil numa equipe que parece ter algumas lacunas grandes no que tange realmente ser competitiva nos próximos anos.

Totteringham's day canceled

Totteringham’s day canceled

No comando técnico ao que parece Pochettino deve ser finalmente o treinador que fique muitos anos em Hotspur Way e se mostrando muito alinhado com o que têm acontecido atualmente no futebol e mostrando variação tática além de uma boa e sempre necessária renovação nas idéias para que a equipe se mantenha competitiva. No outro lado Wenger parece viver do passado que para ele é glorioso porém com um presente e futuro incertos parecendo estar preso a conceitos antigos, amparado por uma diretoria ausente e sua história nos Gooners.

14 pontos de diferença na tabela!

14 pontos de diferença na tabela!

Na parte financeira que sempre foi onde houve o grande “gap” entre os clubes, a distância deve ser diminuída com a mudança dos Spurs para um novo estádio que lhe deve trazer os lucros e as ferramentas necessárias para brigar de igual pra igual com os grandes clubes do país. Com isso ao que parece a primeira grande barreira foi rompida, a de finalmente terminar acima do seu rival, as bases para se estabelecer nesta condição estão aí e conseguirmos sair da sombra do nosso adversário e nos provarmos no mais alto nível cabendo a dessa vez eles tentarem nos acompanhar na tabela, justamente o contrário que vimos nos últimos anos.

Uma nova era onde teremos um estádio com maior capacidade do que o do Arsenal

Uma nova era onde teremos um estádio com maior capacidade do que o do Arsenal

Só uma observação antes de encerrar, o Arsenal tá tão legal com o Tottenham que até nos classificou para a UCL nesse fim de semana com a vitória sobre o Manchester United por 2 a 0.

#COYS

 

Facebook Comments